O'Que Significa Passiva Ou Ativa

Você provavelmente já ouviu falar dos termos “voz passiva” e “voz ativa” em relação à linguagem. Mas o que exatamente esses termos significam e como eles afetam a comunicação? Neste guia completo para iniciantes, vamos explorar a diferença entre voz passiva e voz ativa, e como escolher a forma correta de expressão em diferentes contextos.

Na gramática, a voz passiva e a voz ativa se referem à maneira como um verbo é usado para mostrar a relação entre o sujeito e o objeto em uma frase. Na voz ativa, o sujeito executa a ação do verbo, enquanto na voz passiva, o sujeito sofre a ação do verbo. Isso pode parecer confuso no início, então, vamos dar alguns exemplos para tornar tudo mais claro.

Na voz ativa, o sujeito executa a ação do verbo. Por exemplo: “João comprou uma bicicleta”. Neste caso, “João” é o sujeito que executa a ação de “comprar”, e “uma bicicleta” é o objeto da ação.

Por outro lado, na voz passiva, o sujeito sofre a ação do verbo. Usando o exemplo acima, poderíamos reescrever a frase na voz passiva da seguinte forma: “Uma bicicleta foi comprada por João”. Aqui, “uma bicicleta” se torna o sujeito que sofre a ação de “comprar”, e “por João” indica quem executa a ação.

Entender a diferença entre voz passiva e voz ativa pode ser útil para tornar sua comunicação mais clara e precisa. Dependendo do contexto e do objetivo da frase, você pode escolher usar uma voz em vez da outra para enfatizar diferentes aspectos da ação. Este guia completo para iniciantes oferece uma base sólida para começar a explorar esse tópico fascinante da gramática e aprimorar suas habilidades de comunicação.

O que é uma voz ativa

A voz ativa é uma construção gramatical na qual o sujeito realiza ou pratica a ação expressa pelo verbo. Nesse tipo de construção, o sujeito é considerado o agente da ação, sendo o elemento que age sobre o objeto direto.

Normalmente, a voz ativa é composta por uma estrutura simples, na qual o sujeito vem antes do verbo. Por exemplo:

Sujeito Verbo Objeto Direto
João comprou um livro.
Maria escreveu uma carta.
Eu montei um quebra-cabeça.

Nesses exemplos, o sujeito das frases (João, Maria, Eu) é o agente da ação expressa pelos verbos (comprou, escreveu, montei) e age sobre o objeto direto (um livro, uma carta, um quebra-cabeça).

Além disso, vale ressaltar que a voz ativa é a forma mais comum de se construir uma frase em português. Ela transmite uma sensação de ação direta realizada pelo sujeito.

Porém, é importante mencionar que a voz ativa não é a única forma de se expressar uma ação. Há também a voz passiva, que é utilizada quando o foco está no objeto da ação, ao invés do agente.

You might be interested:  O Que Significa Registro Geral

O que é uma voz passiva

A voz passiva é uma das duas vozes verbais em português, a outra sendo a voz ativa. Na voz passiva, o foco está no objeto da ação, enquanto na voz ativa o foco está no sujeito que realiza a ação.

Em uma frase na voz passiva, o sujeito recebe a ação do verbo, enquanto o agente da ação (quem realiza a ação) pode ser mencionado ou não. A estrutura básica da voz passiva é formada pelo verbo “ser” conjugado + particípio passado do verbo principal + agente da passiva (opcional).

Por exemplo:

Voz Ativa Voz Passiva
O menino quebrou o vidro. O vidro foi quebrado pelo menino.
A equipe venceu o jogo. O jogo foi vencido pela equipe.

A voz passiva é comumente utilizada para enfatizar o objeto da ação, tornando-o o foco da frase. Pode ser útil em situações em que o agente da ação é desconhecido, irrelevante ou não deseja ser mencionado. Além disso, a voz passiva também é utilizada em contextos formais, como em documentos legais ou acadêmicos.

É importante observar que nem todos os verbos podem ser usados na voz passiva. Alguns verbos intransitivos (que não possuem objeto direto) não podem ser convertidos para a voz passiva.

Diferença entre voz ativa e passiva

Diferença entre voz ativa e passiva

A voz ativa e a voz passiva são duas formas de estruturas de frase que podem ser usadas na língua portuguesa. A diferença entre elas está no foco que é dado ao sujeito e ao objeto da ação.

Voz ativa

Na voz ativa, o sujeito executa a ação expressa pelo verbo. A estrutura básica da frase é: sujeito + verbo + objeto.

  • Exemplo: O gato comeu o rato.
  • Neste exemplo, o sujeito (gato) executa a ação de comer o rato (objeto).

Voz passiva

Na voz passiva, o objeto da ação é colocado como foco da frase. A estrutura básica da frase é: sujeito paciente + verbo auxiliar + verbo principal no particípio + agente da passiva (opcional).

  • Exemplo 1: O rato foi comido pelo gato.
  • Neste exemplo, o objeto da ação (rato) é colocado como foco da frase. O sujeito paciente (rato) sofre a ação expressa pelo verbo, que é “comer”. O agente da passiva (gato) é opcional e indica quem executou a ação.
  • Exemplo 2: O livro foi escrito por uma escritora famosa.
  • Neste exemplo, o objeto da ação (livro) é colocado como foco da frase. O sujeito paciente (livro) sofre a ação expressa pelo verbo, que é “escrever”. O agente da passiva (escritora famosa) indica quem executou a ação.

Em resumo, a diferença entre voz ativa e passiva está no enfoque dado ao sujeito (ativo) ou ao objeto da ação (passiva). Ambas as estruturas são comumente usadas na língua portuguesa, dependendo do contexto e da ênfase desejada.

Como identificar a voz ativa

Na língua portuguesa, a voz ativa é identificada pela estrutura da frase, em que o sujeito pratica a ação expressa pelo verbo. Em outras palavras, na voz ativa, o sujeito é o agente da ação.

Para identificar a voz ativa, é importante observar a ordem dos elementos na frase. Geralmente, o sujeito está antes do verbo e o complemento (objeto direto ou objeto indireto) vem depois do verbo.

Exemplo:

Marina (Sujeito) comprou (Verbo) uma bicicleta (Objeto direto).

Nesse exemplo, o sujeito “Marina” pratica a ação de “comprar” e o complemento “uma bicicleta” indica o objeto direto da ação.

You might be interested:  O Que Significa Rosas Vermelhas

Além disso, na voz ativa, o sujeito pode ser oculto ou inexistente, porém a estrutura da frase permanece a mesma.

Exemplo:

(Eu) fiz (Verbo) o trabalho (Objeto direto).

Nesse caso, o sujeito “Eu” é oculto, mas a estrutura da frase continua sendo sujeito + verbo + complemento.

Como identificar a voz passiva

A voz passiva é uma construção gramatical que indica que a ação do verbo é recebida pelo sujeito, ao invés de ser realizada por ele. Na voz passiva, o sujeito sofre a ação, enquanto o verbo é conjugado de forma passiva, utilizando-se do auxiliar “ser” e do particípio passado do verbo principal.

Existem algumas características que podem ajudar a identificar a voz passiva em uma frase:

1. O sujeito recebe a ação

1. O sujeito recebe a ação

Na voz passiva, o sujeito da frase é aquele que sofre ou recebe a ação expressa pelo verbo. Ele é precedido pelo agente da passiva (introduzido pela preposição “por”) ou pode ser omitido.

2. O verbo é conjugado de forma passiva

Na voz passiva, o verbo é conjugado de forma passiva, utilizando-se do auxiliar “ser” e do particípio passado do verbo principal. O particípio passado concorda em número e gênero com o sujeito da frase.

Exemplo:

A casa foi construída por um arquiteto.

O livro foi lido por muitas pessoas.

Os peixes foram capturados pelos pescadores.

3. A ação é mais importante do que o agente

Na voz passiva, o foco da frase está na ação realizada e não no agente da ação. Por isso, muitas vezes o agente pode ser omitido ou não ser mencionado.

Exemplo:

O problema foi resolvido.

A carta foi enviada.

A identificação da voz passiva pode ser útil para entender melhor a estrutura das frases em um texto, principalmente quando se está analisando textos escritos formalmente ou em contextos acadêmicos.

Como transformar uma frase da voz ativa para a voz passiva

A voz passiva é utilizada quando queremos enfatizar a ação recebida pelo sujeito, sem destacar quem realizou a ação. Para transformar uma frase da voz ativa para a voz passiva, siga os seguintes passos:

  1. Identifique o objeto direto (a pessoa ou coisa que sofre a ação) na frase ativa;
  2. Coloque o objeto direto como sujeito da frase passiva;
  3. Use o verbo “ser” no tempo verbal adequado, seguido pelo particípio passado do verbo principal;
  4. Adicione a preposição “por” seguida do agente da ação (opcionalmente);

É importante destacar que nem todas as frases ativas podem ser transformadas para a voz passiva, pois depende da estrutura da sentença. Além disso, a voz passiva pode alterar o foco e ênfase da frase, portanto, é necessário ter cautela ao utilizá-la.

Exemplo:

Frase ativa: O menino quebrou o vaso.

Frase passiva: O vaso foi quebrado pelo menino.

Neste exemplo, o objeto direto “o vaso” se tornou o sujeito da frase passiva, o verbo “quebrar” foi substituído por “ser quebrado”, e o agente da ação “o menino” foi adicionado com a preposição “por”.

Em resumo, a transformação de uma frase da voz ativa para a voz passiva segue um padrão de reorganização da estrutura da frase, levando em consideração o objeto direto e o verbo principal.

Como transformar uma frase da voz passiva para a voz ativa

Transformar uma frase da voz passiva para a voz ativa envolve a alteração da estrutura gramatical da frase. Aqui estão os passos para fazer essa transformação:

Voz Passiva Voz Ativa
O livro foi escrito por ela. Ela escreveu o livro.
O carro foi consertado pelo mecânico. O mecânico consertou o carro.
O jantar foi preparado pela mãe. A mãe preparou o jantar.
Os presentes foram comprados por eles. Eles compraram os presentes.
O projeto foi concluído pela equipe. A equipe concluiu o projeto.

Em uma transformação da voz passiva para a voz ativa, o sujeito da frase passiva torna-se o agente da ação na frase ativa, e o objeto da frase passiva torna-se o sujeito da frase ativa. Além disso, o verbo auxiliar “ser” utilizado na voz passiva é substituído pelo verbo principal no tempo verbal apropriado na voz ativa.

É importante lembrar que nem todas as frases da voz passiva podem ser transformadas para a voz ativa, especialmente se o agente da ação na frase passiva for desconhecido ou irrelevante. No entanto, na maioria dos casos, a transformação da voz passiva para a voz ativa é uma maneira eficaz de tornar a frase mais clara e direta.

Exemplos de frases em voz ativa e passiva

A voz ativa e a voz passiva são duas formas de estruturar uma frase. Veja abaixo alguns exemplos de frases em voz ativa e passiva:

  • Voz ativa: O professor explicou a matéria para os alunos.
  • Voz passiva: A matéria foi explicada pelo professor aos alunos.
  • Voz ativa: O menino quebrou o vidro da janela.
  • Voz passiva: O vidro da janela foi quebrado pelo menino.
  • Voz ativa: A empresa lançou um novo produto no mercado.
  • Voz passiva: Um novo produto foi lançado no mercado pela empresa.
  • Voz ativa: Ela comprou um presente para sua mãe.
  • Voz passiva: Um presente foi comprado por ela para sua mãe.
  • Voz ativa: O bolo foi preparado pela Tina.
  • Voz passiva: Tina preparou o bolo.

Note que na voz passiva, o sujeito da frase ativa passa a ser o agente da frase passiva, e o objeto da frase ativa passa a ser o sujeito da frase passiva.

FAQ:

O que significa a voz passiva?

A voz passiva é uma forma verbal em que o sujeito da frase recebe a ação expressa pelo verbo, ou seja, ele sofre a ação. Nesse tipo de construção, o objeto direto da frase se torna o sujeito, e o verbo fica no particípio passado.

Qual é a diferença entre voz passiva analítica e voz passiva sintética?

A voz passiva analítica é formada pelo verbo auxiliar “ser” conjugado no tempo verbal adequado, seguido do verbo principal no particípio passado. Já a voz passiva sintética é formada por um verbo transitivo direto ou indireto conjugado na terceira pessoa do singular ou do plural, sem a utilização de um agente da passiva e do verbo auxiliar “ser”.

Quais são os tempos verbais em que a voz passiva pode ser conjugada?

A voz passiva pode ser conjugada em todos os tempos verbais que possuem o verbo “ser” como auxiliar, como o presente do indicativo (“é”), o pretérito perfeito do indicativo (“foi”), o futuro do presente do indicativo (“será”), entre outros.

É possível usar a voz passiva em todas as frases?

Não, nem todas as frases podem ser transformadas para a voz passiva. A voz passiva é utilizada principalmente quando se deseja dar ênfase ao objeto que sofre a ação do verbo, ou quando o agente da passiva é desconhecido ou não é importante para a informação que se quer transmitir.